2020-04-22_FOTO_PÚBLICO.jpg

EVENTOS

EVENTOS

SeloDoarA+CMYK.jpg
CERTIFICADO 06 08 - Parceiros da Educaca
SELO DOAR GESTÃO E TRANSPARÊNCIA 2020
abril/2020

A Parceiros da Educação RJ foi aprovada no processo de auditoria do Selo Doar Critérios 2020-23, e passa a ostentar o Selo A+.

Juntamo-nos a um seleto grupo de organizações brasileiras certificadas de forma independente, que alcançaram o padrão de qualidade definido pelo Instituto Doar, baseado nos principais modelos de certificação internacionais para organizações da sociedade civil.

 

Nos exercícios 2018/2019 e 2019/2020, alcançamos o Selo A, e agora, com oito novos critérios incluídos, a certificação máxima A+, com 50 dos 52 critérios atendidos.

 

Compartilhamos com vocês nossa alegria com o resultado alcançado, certos de que nosso trabalho depende também de todos que nos apoiam e contribuem para que possamos executá-lo com excelência, na busca permanente da melhoria da qualidade da educação nas escolas públicas.

SeloDoarA+CMYK.jpg
CERTIFICADO 06 08 - Parceiros da Educaca
RENOVAMOS NOSSO SELO DOAR
abril/2019

A Associação Parceiros da Educação RJ tem o orgulho de comunicar que recebeu a renovação do SELO DOAR - CERTIFICADO DE GESTÃO E TRANSPARÊNCIA conferido pelo Instituto Doar com conceito "A" pelo segundo ano consecutivo. 

 

Uma honra para nós e o reconhecimento de que o nosso trabalho está sendo conduzido de acordo com nossos valores.

 

Ao conferir o Certificado, o Instituto Doar tem por objetivo garantir padrões verificáveis de qualidade na gestão e na transparência das organizações brasileiras. Financiadores, apoiadores e doadores encontram, desta forma, um conjunto de organizações que passaram por uma avaliação isenta e bastante adequada para a tomada de decisões.

 

Hoje o Selo do Instituto Doar já é utilizado por dezenas de organizações. É um conjunto de critérios desenvolvidos especialmente para a realidade brasileira através da análise de critérios de várias outras instituições que trabalham certificação ou códigos de conduta, tanto internacionalmente, de 15 países que pertencem ao ICFO (International Committee on Fundraising Organizations), como no Brasil, do IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa), GIFE (Grupo de Instituições, Fundações e Empresas), e da ABCR (Associação Brasileira de Captadores de Recursos). 

2019-03-15 Hillel Alt Break EM Capistran
2019-03-15 Hillel Alt Break EM Capistran

2019-03-12_Hillel_Coral_West_Point_Pedro
2019-03-12_Hillel_Coral_West_Point_Pedro

2019-03-14 e 15 Hillel Alt Spring Break
2019-03-14 e 15 Hillel Alt Spring Break

2019-03-15 Hillel Alt Break EM Capistran
2019-03-15 Hillel Alt Break EM Capistran

1/5
ALTERNATIVE SPRING BREAK
junho/2019

O Hillel Rio de Janeiro é uma instituição cultural e educacional sem fins lucrativos voltada para a juventude da comunidade judaica carioca. Faz parte do Hillel Internacional (www.hillel.org), fundado há quase 80 anos e presente em mais de 550 cidades ao redor do mundo. Sua atuação na comunidade se dá por meio de  realização de atividades, dentro ou fora da casa, no âmbito cultural, profissional e social.

 

A boa notícia é que acabamos de criar uma parceria incrível com o Hillel Rio!

O primeiro marco desta parceria foi a ida de 40 voluntários da Boston University e da West Point Academy - integrantes do programa Alternative Spring Break - a três de nossas escolas. Por conta do programa de que fazem parte, os jovens já participariam de ações sociais no Rio, e o Hillel Rio e a Parceiros aproveitaram para incluir o CIEP  Presidente Agostinho Neto, a EM Pedro Ernesto e a EM Capistrano de Abreu no roteiro deles.

No CIEP Presidente Agostinho Neto,  os voluntários trabalharam na pintura do piso e do muro da quadra e na limpeza e organização da Horta. Em agradecimento, as crianças da escola ofereceram tapioca e sucos de frutas tropicais, feitos na cozinha pedagógica  para os benfeitores.

 

Na EM Pedro Ernesto o Coral de West Point fez uma emocionante apresentação para as crianças, e foi brindado com uma apresentação das crianças.

 

Na EM Capistrano de Abreu os voluntários  também ajudaram  na pintura do muro e do piso da quadra de esportes, bem como na montagem da primeira Horta da escola.

 

Foi uma experiência única, tanto para as crianças e equipe das escolas, quanto para os voluntários, para o grupo do Hillel Rio e para nós da Parceiros. Com certeza muitas outras parcerias virão. A sinergia foi especial.

DSC_0325.JPG
COMEMORAÇÃO DOS 10 ANOS DA PARCEIROS DA EDUCAÇÃO RJ
novembro/2019

No dia 12 de Novembro, o Diretor-Presidente Marcelo Viveiros de Moura abriu sua casa para receber patrocinadores, apoiadores e amigos que têm participado da história que a Parceiros vem escrevendo no Rio. Na ocasião, Paula Vianna apresentou ações e resultados da instituição, e convidou os presentes a adotar novas escolas ou programas que já fazem parte do dia a dia das escolas pelas quais a Parceiros da Educação RJ responde.

louquera-2966
louquera-2966

louquera-2994
louquera-2994

louquera-2730
louquera-2730

louquera-2966
louquera-2966

1/21
I ENCONTRO PARCEIROS DA EDUCAÇÃO RJ - DE ALFABETIZAÇÃO NA ESCOLA PÚBLICA
junho/2019

Promovido pela Parceiros da Educação RJ, o I Encontro Alfabetização na Escola Pública mobilizou mais de uma centena de professores, gestores e profissionais de Educação, na discussão de ideias e melhores práticas para um dos principais desafios do setor.Em um lindo sábado de outono, a Casa Firjan, em Botafogo, foi palco da troca de experiências entre as palestrantes e o público.~Os convidados foram recepcionados com um café da manhã assinado por Flávia Quaresma.

Um momento de rever pessoas e conhecer novos profissionais da área da Educação.Moderado pela jornalista Flávia Oliveira, o Encontro contou com a presença de três expoentes em Educação: Yvonne Bezerra de Mello, fundadora do projeto Uerê e responsável pela criação da metodologia de ensino Uerê-Mello; Maria Cristina Corais, Doutora em Educação; e Mara Mansani, Educadora Nota 10 (2014), prêmio dado pela Fundação Victor Civita, e blogueira da Nova Escola. Visões complementares, tendo em comum uma apaixonada e intransigente defesa da educação pública, bandeira que também pertence à Parceiros da Educação RJ.


Yvonne Bezerra de Mello falou sobre as dificuldades de aprendizado de crianças e adolescentes, e mostrou que, entre os fatores que comprometem este processo, podem estar desde bloqueios cognitivos e falhas na alfabetização a questões ligadas a um contexto social e familiar complicado, violência constante aliada a estresse ou a uma saúde fraca. 


Na sequência, coube a Maria Cristina Corais abordar a apropriação da escrita em perspectiva discursiva, apresentando uma série de casos envolvendo alunos da rede pública com dificuldades, e adaptações feitas no processo de alfabetização.


Encerrou o bloco das palestras a professora Mara Mansani, que tratou do atual estágio em que se encontra a alfabetização no Brasil e as novas perspectivas a partir da implantação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Em seguida, professoras da rede pública contaram casos de sucesso no processo de alfabetização, e teve início um debate, em que o público formulou diversas questões interessantes às palestrantes.Todo o público recebeu certificados de participação e, nas respostas a um breve questionário da organização, ficaram evidentes a aprovação do modelo do Encontro e a expectativa pela breve realização de novos eventos.

O I Encontro Alfabetização na Escola Pública foi realizado pela Parceiros da Educação RJ, e contou com o patrocínio da Fundação Lemann,  escritório Pinheiro Neto e Red Balloon, e apoio da Firjan SESI e  Globo. 

2019-03-11 LETREIRO EM MEXICO.jpg
MAIS UMA ESCOLA PARCEIRA
janeiro/2019

Começamos o ano com um lindo presente: mais uma escola para apoiar!

Um grupo de 9 amigos se reuniu para patrocinar a EM Mexico.  Adotaram a escola, um gesto de união de forças para fazer o bem.

 

Agora mais  480 crianças, das comunidades do Dona Marta e Tabajaras serão beneficiadas com as ações que levamos -  nos eixo gestão, pedagógico, comunidade ou infra estrutura. 

 

Mais uma escola para a qual poderemos trabalhar, proporcionando formações aos professores e gestores, ações pedagógicas para as crianças, sempre na busca de uma educação pública de qualidade.

     

Bem vinda EM México!

22-04-22 FOTO PALESTRANTES E PAULA.jpg
II ENCONTRO PARCEIROS DA EDUCAÇÃO RJ - METODOLOGIAS ATIVAS E ENSINO HÍBRIDO
novembro/2019

No dia 9 de Novembro, promovemos nosso segundo evento de capacitação no ano, o Encontro Metodologias Ativas na Escola Pública, na Casa Firjan-Sesi. Especialistas em Ensino Híbrido e Metodologias Ativas falaram a professores e gestores sobre as novas tendências em Educação e como implementá-las nas salas de aula.


Sob mediação do jornalista Antonio Gois, participaram do painel os professores Adolfo Tanzi Neto, pioneiro na implantação do conceito do Ensino Híbrido no Brasil, Rafaela Lima, professora da plataforma YouTube EDU, Mariana Ochs, especializada em Educação Midiática, e Marlene Ferreira, do sistema FIRJAN-SESI.
As professoras Consuelo Santa Rita (CIEP Presidente Agostinho Neto) e Mariana Saldanha (EM Capistrano de Abreu) apresentaram casos de sucesso nas escolas públicas em que lecionam, mostrando que metodologias ativas já são usadas na Educação Pública. 


A realização deste II Encontro teve por objetivo dar continuidade a capacitação de professores e gestores das escolas públicas para a melhoria do aprendizado dos alunos e a excelência do ensino público.


Queremos aproximar pessoas com o mesmo propósito – uma Educação Pública de excelência – e, com a troca de experiências, ampliar horizontes, enriquecer conteúdo e inspirar a todos.

2019-03-11_LOGO_VISÃO_ESPERANÇA.jpg
VISÃO ESPERANÇA LEVARÁ ATENDIMENTO OFTALMOLÓGICO GRATUITO A DUAS ESCOLAS
abril/2019

Os alunos das escolas municipais México e Lúcia Miguel Pereira serão os mais novos beneficiados pelo projeto Visão Esperança, implementado no Rio de Janeiro pelo Instituto 3C. Por meio de um acordo com a @ParceirosdaEducaçãoRio, a ong investigará se os estudantes têm qualquer problema de vista que possa afetar seu  rendimento escolar, prescrevendo e entregando óculos àqueles que necessitem. Estudos apontam que deficiências auditivas e visuais estão entre as principais causas de evasão escolar.

 

A partir da experiência adquirida nos oito anos em que leva antendimento oftalmológico gratuito a crianças carentes de 6 a 12 anos, o Visão Esperança identificou que, em média, 20% dos alunos submetidos à triagem inicial precisam de atendimento oftalmológico e 5 a 10% precisam de lentes corretivas.

 

O Visão Esperança foi criado no Equador, em 2008, por Lilian Padovani Marques Porto, e, até o ano passado, já atendera a mais de 24 mil crianças. No Brasil, quem preside o projeto é Lia Carvalho, do Instituto 3C. Até março passado, o Visão Esperança somava mais de 11 mil atendimentos a crianças carentes 

 

Quando chegam às escolas, os voluntários do Visão Esperança sensibilizam os professores para a triagem dos alunos, que permite a identificação daqueles que precisam de atendimento médico. Em seguida, os pais destes alunos são informados do diagnóstico inicial e decidem se autorizam os exames para verificar se existe a necessidade de óculos . Depois da consulta, os alunos recebem os óculos e colírios prescritos pelos médicos, gratuitamente.